Sobre a Revista

A Revista Eletrônica Estudos Hegelianos (REH) foi fundada em 2004 pelos integrantes da diretoria da Sociedade Hegel Brasileira (SHB) com o objetivo de promover os estudos e a pesquisa sobre Hegel no Brasil. Além de receber artigos por fluxo contínuo, o periódico está aberto a cooperações com organizadores de Congressos Internacionais e de atividades acadêmicas realizadas pela SHB e por pesquisadores ligados à comunidade de estudos hegelianos.

A REH publica artigos, resenhas e traduções que contribuam para os estudos hegelianos em sua interface com a Filosofia Clássica Alemã, com a Filosofia Social e com interpretações contemporâneas de Hegel. Ao assumir a internacionalização como horizonte, o interesse da revista é duplo: (1) divulgar os desdobramentos mais relevantes da pesquisa sobre Hegel para os pesquisadores e estudantes brasileiros e (2) contribuir para a divulgação da pesquisa hegeliana praticada no Brasil para o público internacional. A excelência acadêmica dos trabalhos é garantida por um processo de avaliação às cegas a cargo de um renomado corpo de colaboradores e colaboradoras.

 

Histórico de seus números e editores

Os 6 primeiros números da REH foram editados pelo Prof. Dr. Alfredo Moraes (UFPE). A partir de 2007, a edição coube ao Prof. Dr. Manuel Moreira da Silva (Unicentro), que editou os números 7 a 10. Do número 11 ao 17, a revista contou com a edição do Prof. Dr. Christian Klotz (UFG). Desde o número 18, a REH tem como editora geral a Profa. Dra. Márcia Cristina Ferreira Gonçalves (UERJ) e, inicialmente, o editor adjunto Prof. Dr. Federico Sanguinetti (UFRN). Desde então, a revista intensificou de maneira vigorosa a sua projeção internacional. Atualmente, o Prof. Fábio Mascarenhas Nolasco (UnB), o Prof. Dr. Ricardo Crissiuma (UFRGS), o Prof. Dr. Luiz Fernando Barrére Martin (UFABC), a Dra. Polyana Tidre (Unisinos) e o Dr. Emmanuel Nakamura (Unicamp) formam a equipe de editores adjuntos.

Edição Atual

v. 17 n. 30 (2020)
Ver Todas as Edições