O Fragmento 22 dos Jenaer Sytementwürfe (1803/1804): apresentação e tradução

Autores

  • Erick C. Lima

Resumo

Resumo: O objetivo deste trabalho é apresentar o fragmento 22 dos Esboços de Sistema de Jena, escritos por Hegel entre 1803 e 1804. Este extenso fragmento conclui a filosofia do espírito nos referidos esboços. Primeiramente, a intenção é contextualizar o fragmento, tanto com respeito aos escritos anteriores e posteriores de Hegel sobre eticidade, quanto em relação ao próprio encadeamento dos fragmentos precedentes. Para isso, tomou-se como ponto de partida desta contextualização a célebre tese de uma sistemática peculiar, segundo a qual o conceito hegeliano de espírito se constituiria pela dialética não reducionista de consciência teórica e prática, esta compreendida como defrontação da consciência singular tanto ao mundo quanto às outras consciências. Em seguida, procura-se mostrar como Hegel pretende, na verdade, articular esta sistemática peculiar em uma gênese intersubjetiva dos nexos comunitários. A partir desta breve contextualização, apresenta-se, a seguir, uma tradução para o português do mencionado fragmento.

 

Palavras-chave: Consciência, Reconhecimento, Espírito, Eticidade, G. W. F. Hegel

 

Abstract: This paper aims at presenting fragment 22 of Hegel´s Jena project of system, written between 1803 and 1804. This extensive fragment concludes the part of the project dedicated to the philosophy of spirit. The first task is to contextualize the fragment, not only in relation to Hegel’s earlier and later writings on ethical life, but also within the ensemble of fragments. To begin with I discuss the well-known thesis of a peculiar systematic structure, according to which Hegel´s conception of spirit would be constituted by a non-reducionist dialectic of theoretical and practical consciousness, the later comprehended not only as oposition of the singular consciousness to the world, but also as its formative process through the relationship with other individuals. Then I argue that Hegel intends, in fact, to articulate this peculiar systematic structure in a intersubjective development of community ties. Finally, I propose a translation of the fragment 22 into portuguese.

 

Keywords: Consciousness, Recognition, Spirit, Ethical Life, G. W. F. Hegel

Downloads

Publicado

2016-06-22

Edição

Seção

Traduções