Sobre a (in)certeza sensível em Hegel

Autores

  • Ana Paula Repolês Torres

Resumo

RESUMO: Pretendemos demonstrar, através da análise da experiência da “certeza sensível”, primeiro Capítulo da Fenomenologia do Espírito, a crítica que Hegel realiza a toda imediatez, o que nos leva a ressaltar a relevância da negatividade, do ser-outro, em seu pensamento. Buscamos também compreender, resgatando o legado platônico de Hegel, o que seja a unidade dialética, isto é, a identidade da identidade e da diferença.

 

Palavras-chave: Negação, Mediação, Identidade, Diferença, Dialética.

 

ABSTRACT: Based upon the experience of “sensible certitude” in the first chapter of the Phenomenology of Spirit, we aim to demonstrate the critique of all kind of immediateness in Hegel’s thought, what permit us to focus the relevance of negativity in his work. We also intend to understand what means the dialectical unity, that is, the identity of identity and difference, showing the platonic heritage of Hegel.

 

Keywords: Negativity, Mediation, Identity, Difference, Dialectic.

Downloads

Publicado

2016-06-04

Edição

Seção

Artigos